Cadastre-se
Afinal, qual é a importância do planejamento financeiro da oficina?

Afinal, qual é a importância do planejamento financeiro da oficina?

Qualquer segmento de negócio, para garantir sua sobrevivência, deve considerar dois fatores muito importantes: o primeiro é ter os produtos necessários e saber prestar os serviços; o segundo é fazer um planejamento financeiro eficiente.

Em relação às oficinas mecânicas, o contexto não é diferente. Isso porque não basta ter uma boa equipe de atendentes e mecânicos, é preciso cuidar muito bem das finanças. Senão, o rendimento pode cair e o esforço diário não ser traduzido em lucro.

Inscreva-se e receba os melhores conteúdos sobre gestão de oficinas e rentabilidade.

Com o planejamento financeiro, você mantém suas despesas sob controle, corta gastos desnecessários, evita dívidas, paga contas básicas e prevê entradas no caixa. Existem diversas dicas de como manter tudo isso sob controle. Pensando nisso, reunimos as melhores dicas. Confira!

Gerenciar seu fluxo de caixa bem de perto

O fluxo de caixa deve registrar cada centavo que entra e que sai da oficina. Por exemplo, ele engloba o recebimento de serviços, os gastos feitos nesses trabalhos, despesas com manutenção e reposição de equipamentos, despesas extras, entre outros detalhes. A partir desse controle diário, você descobre a quantia que circula no estabelecimento diariamente e quanto pode gastar.

Para aumentar a eficiência do seu fluxo de caixa, você terá de registrar todas as transações ao longo do dia. Se tiver um programa de gestão que compute cada compra e recibo de forma automática, poupará bastante tempo e trabalho.

Elaborar uma rotina de fornecimento

Em uma oficina, falta de componentes, ferramentas, peças e pneus pode ser um problema e tanto — o que levar a perda da clientela. Portanto, você deve criar um calendário bem estruturado para todas as duas datas de reposição. Se algum produto ficar em falta com frequência, provavelmente seu estoque não supra a demanda.

Isso tem tudo a ver com o planejamento financeiro. Afinal de contas, grande parte dos seus gastos vêm do fornecimento de materiais. Ao garantir o atendimento crescente de clientes — sem deixar ninguém na mão —, você aumenta seu capital de giro (dinheiro que supre as necessidades do negócio por um tempo) e sua rentabilidade ao mesmo tempo.

Estabelecer metas para o seu negócio

Tem um objetivo a ser seguido é indispensável para qualquer empreendimento. As metas para sua oficina podem ser simples, como cortar uma parcela dos gastos, conseguir X de faturamento em um determinado período, aumentar o lucro do negócio até o fim do ano etc. Vale lembrar de que é importante que essas missões sejam alcançáveis (realistas).

É óbvio que outros fatores podem ser considerados para definir suas metas. Sem contar que não basta somente criá-las. Ou seja, você (e sua equipe) precisa acompanhar seus passos, para aprender com os erros e desafios ao longo do caminho.

Identificar as prioridades do negócio

Certamente, as prioridades serão manter a oficina com as finanças em dia (pagando as contas e obtendo lucro) e captar novos clientes e fidelizá-los, a fim de garantir sua sobrevivência. Nesse sentido, vale ficar antenado às tendências do mercado para conhecer as novas demandas de serviços do público e dos veículos.

Ter um sistema integrado

Mesmo os pequenos negócios não podem controlar as finanças somente em planilhas de papel, pois elas podem se perder. Uma sugestão é usar um software de gestão com armazenamento na nuvem, para garantir a segurança dos dados. Nesse caso, indicamos três opções eficientes: Ultracar, Sigma e Zeta.

Com esse tipo de ferramenta, você consegue integrar dados e informações para simplificar o controle de registros e enxergar sua situação atual. Por exemplo, se o controle de vendas e a geração de notas fiscais está no mesmo programa que controla o estoque, a baixa é feita automaticamente. Isso reduz erros humanos e deixa os registros atualizados.

Viu só como fazer o planejamento financeiro é fundamental para a sobrevivência da sua oficina. Para isso, basta seguir as recomendações acima. Assim, nada escapará da sua gestão e, se tudo for seguido à risca, sobrará tempo para você pensar em novas formas de surpreender seus clientes.

Então, o que achou deste conteúdo? Aproveite o gancho da leitura para saber o que é previsão de demanda e como ela pode ajudá-lo.

Dúvidas, elogios e sugestões: deixe o seu comentário!