Category Archives for "Outros"

fev 19

5 indicadores que sua oficina deve acompanhar de perto

Por Marcelo Galli | Gestão de Oficinas , Outros , Reparadores de veículos , Setor de Compras

A Inteligência de Negócios, também conhecida como Business Intelligence,  ajuda empresas a tomar melhores decisões estratégicas. Para tomar melhores decisões, primeiramente o empresário do setor de reparação precisa ter um planejamento estratégico. Você é quem precisa definir quais são os objetivos de sua oficina e como atingi-los.

Para traçar um bom plano, sua e oficina deve ter na ponta do lápis informações que são muito relevantes para sua operação, como por exemplo o valor do ticket-médio, quanto sua empresa investe para adquirir um novo cliente e quanto sua oficina lucra com o cliente, qual a margem de lucro sobre as peças, tempo de reparação, margem de lucro sobre o serviço, etc.

O maior desafio da sua empresa será ter estas informações organizadas. É necessário apoio de um bom sistema de gestão de oficinas e também ter ferramentas que deixem sua empresa mais lucrativa.

Para você podem acompanhar a evolução de sua lucratividade vai ter que trabalhar com indicadores. O Indicador é a melhor forma de saber como esta a saúde de sua empresa! Eles ajudam você a saber se você esta controlando sua oficina de maneira lucrativa ou se está perdendo dinheiro.

Abaixo vou apresentar os 5 números que sua oficina deve acompanhar bem de perto:

Ticket-médio

Leia este artigo para entender melhor como calcular o seu ticket médio. O ticket-médio vai te ajudar a saber qual o valor mínimo que sua empresa deve faturar para ser financeiramente equilibrada. Aumentar seu ticket-médio garante que sua empresa esta sendo mais lucrativa, por isso é muito importante definir o valor correto de cobrança sobre a mão de obra, por exemplo.

Custo de Aquisição do Veículo

Quando um cliente particular vai até sua empresa quem trouxe este cliente foi seu investimento em relacionamento e qualidade. Quando um corretor de seguros indica sua oficina, o Custo de Aquisição é o valor que sua oficina paga pela indicação.  Definir bem seus canais de aquisição irá ajudar muito sua oficina.Saiba mais neste artigo sobre custo de aquisição.

Margem de Lucro sobre as Peças

Toda oficina deve fornecer as peças. Peças fazem parte do negócio da oficina e deixar de obter margem de lucro nas peças vai fazer com que sua lucratividade caia muito. Veja esta simples dica de como sua oficina pode ser mais lucrativa.

Tempo de Reparação do Veículo

Quanto mais rápido o veículo sair de sua oficina, melhor. Por isso é necessário trabalhar com agendamentos de veículos e logística de peças que façam os carros serem reparados o mais rápido possível.

Margem de Lucro

Sua oficina não vai conseguir reparar mais que a capacidade de seu galpão. Desta maneira seu potencial de gerar receita é limitado a sua capacidade operacional. Quando sua empresa lucra mais na compra de peças ou reduz custos sua margem de lucro é impactada diretamente. Desta maneira acompanhar qual sua margem de lucro é fundamental para saber se você esta indo bem ou se esta trabalhando e perdendo dinheiro.

Como já disse, não será do dia para noite que sua empresa terá o controle de todos indicadores, mas cabe a você, sempre, melhorar o gerenciamento da oficina.

Daí te pergunto: Quanto tempo você investe para cuidar da sua lucratividade?

jan 04

Práticas Recomendadas para Melhorar o Atendimento da sua Oficina

Por Marcelo Galli | Gestão de Oficinas , Outros , Peças Online , Reparadores de veículos , Setor de Compras

Dependendo do segmento da sua oficina há várias formas de estabelecer uma relação que melhora a forma que seu cliente vê sua oficina. Neste post quero te mostrar algumas práticas para melhorar a confiança ou fazer com que o cliente escolha a sua oficina.

1. Valores e Qualidade do Serviço:

Uma forma importante de um cliente escolher a oficina é verificar se seu serviço é confiável, amigável, barato ou um serviço de excelência. Um cliente pode buscar vários destes  atributos numa oficina. Portanto ele irá procurar referências sobre a oficina, e esta pode ser um amigo, verificar sua página no Facebook, procurar a mais próxima de casa, procurar no Google e olhar o website da oficina. São vários os caminhos que seu cliente pode percorrer, portanto é bom estar presente no meio digital.

Dicas:

  1. Motive clientes a escreverem na sua página do Facebook. Quanto melhor for a avaliação da sua oficina no Facebook ou no Google, maior a chance de você atrair novos clientes que irão levar o carro para a sua oficina.
  2. Saiba a opinião dos seus clientes sobre o seu serviço. É muito bom procurar saber como se fazer uma pesquisa de satisfação, para verificar satisfação com preço, qualidade do serviço, do atendimento, pós-venda, entre outros, dependendo do segmento da sua oficina. Isso será relevante para saber se seus clientes recomendariam seu serviço a um amigo.
  3. A dica para manter um preço competitivo é você ter sempre o melhor preço no seu fornecedor. Sua lucratividade depende muito da compra de peças que você realiza. Aqui na plataforma da Cotexo você pode comprar sempre escolher as melhores condições de entrega e pagamento para sua oficina. Solicite acesso à nossa plataforma neste link.

2. Facilidade e Qualidade no Atendimento

Como boa parte das vezes a ida a uma oficina de um cliente é decorrente de um imprevisto, como uma batida por exemplo, ele irá ter um “estresse” em ter um problema com o carro. É bem provável que este cliente queira se comunicar sobre colocar seu carro na oficina ou ficar sabendo do status de seu serviço, portanto é bom ter bons canais de contato para seu cliente não se sentir “abandonado”, por exemplo, ligar na sua oficina e não ser atendido.

Dicas:

  1. Varie suas formas de atendimento, como: telefone, WhatsApp, email. Com o tempo você irá perceber como têm sido o comportamento dos seus clientes e poderá disponibilizar uma pessoa dedicada a um canal de contato, por exemplo. O importante é você atender a esses contatos e fazer com que a pessoa sinta o menos estresse possível durante o seu atendimento.
  2. Garanta que você está disponibilizando todas essas informações de contato em todos os lugares: em seu site, facebook, cartão de visitas (recomendo bastante).

3. Cordialidade

Quanto mais cordial e amigável for o processo do cliente na sua oficina, melhor e mais duradouro será o relacionamento com seu cliente. Ou seja, maiores as chances deste cliente retornar em outra situação e/ou recomendar a outras pessoas. Este item basicamente complementa os 2 outros itens do post. Essa é a maneira de fazer com que seu cliente se sinta especial.

Dicas:

  1. Pergunte como seu cliente está, o que ele gosta de fazer, sobre o que ele gosta.
  2. Converse com seu cliente sobre outros assuntos. Às vezes é bom para seu cliente distrair um pouco com um outro assunto.

E você, tem alguma situação para nos contar? Como funciona na sua oficina? Conte nos comentários!

dez 28

Gestão de Funilaria: Conheça o 5S e sua importância

Por Marcelo Galli | Gestão de Oficinas , Outros , Reparadores de veículos , Setor de Compras

Então, o que fazer para melhorar minha gestão de oficina?

Para aprimorar sua gestão de oficina, recomendo o 5S, que é um método a ser aplicado em empresas com o objetivo de atingir o patamar de Qualidade Total. Abrange cinco ações aplicadas internamente no âmbito operacional, mobilizando todos os colaboradores, para manter a organização e a disciplina no local de trabalho.

Esse método pode e deve ser colocado em prática na gestão de oficina de funilaria e pintura, oficinas de reparação automotiva, pois otimiza o trabalho realizado economizando tempo e reduzindo desperdícios e, por consequência, aumentando a lucratividade.

A denominação 5S se deve ao nome de cada uma das ações que, na origem japonesa, iniciam-se com a letra S. São as seguintes:

Seiso –> Limpeza: 

Deve-se melhorar o nível de limpeza e procurar mantê-lo. Em uma oficina, esse pode ser o passo mais difícil do 5S, mas é importante que seja colocado em ação dentro das possibilidades.

Seiri –> Utilização:

Separar apenas o que é necessário para eliminar do ambiente tudo que é inútil e estiver apenas tomando espaço.

Shitsuke –> Disciplina:

Todos devem trabalhar em prol da melhoria contínua do espaço. Essa ação se aplica às quatro anteriores, pois é necessário que os colaboradores da empresa tenham a disciplina para separar as ferramentas necessárias; manter tudo em seu devido lugar; manter a limpeza e a higiene.

Seiton –> Organização:

Manter o espaço organizado, com cada coisa guardada em seu devido lugar. Devolver as ferramentas aos seus locais certos sempre depois de cada uso.

Seiketsu –> Saúde/Higiene:

Essa ação diz que devem ser criadas normas claras de higiene, limpeza, arrumação e triagem. Estas normas devem ser seguidas por todas as pessoas da empresa, no caso, da oficina de reparação automotiva.

Resultados na gestão de oficina

Muitos não percebem a diferença que a aplicação do 5S pode fazer no dia-a-dia da gestão de funilaria. Mas a médio e longo prazo os benefícios irão aparecer.

Em primeiro lugar, a organização do espaço faz com que os exercícios sejam executados com muito mais agilidade. Quando ferramentas que não servem mais são “retiradas de cena”, fica mais fácil visualizar as que são úteis e não se perde tanto tempo na procura. O mesmo acontece quando tudo é guardado em seu devido lugar.

A limpeza é outra questão importante, especialmente porque contribui para atrair clientes. Tente imaginar quantas oficinas existem na sua cidade, essa concorrência faz com que ter um diferencial seja sempre importante:

  • Por quê uma pessoa que está precisando de determinado serviço irá escolher o seu ao invés de outros?
  • O que você oferece de diferencial?

Além de prestar um bom atendimento e oferecer preços atrativos, a apresentação do ambiente também conta muito. Pois esta é a primeira impressão que o possível cliente terá da sua oficina.

Outro fator importante é que a aplicação do 5S pode reduzir drasticamente os desperdícios de materiais. Isso também reflete de forma positiva no faturamento mensal da reparadora de veículos.

Portanto, diante dessa breve explicação sobre o método 5S e sua importância, os proprietários de oficinas podem começar a mobilizar suas equipes de trabalho em prol de um único objetivo: alcançar a Qualidade Total!

Planos de 2018 para sua oficina
dez 18

Como planejar sua oficina para 2018

Por Marcelo Galli | Gestão de Oficinas , Outros , Peças Online , Reparadores de veículos , Setor de Compras

Mais um ano está chegando ao fim e se você é o gestor da sua oficina já deve estar analisando como foi 2017 e pensando no planejamento da oficina em 2018 para sua funilaria, pintura e/ou mecânica.

2017 no geral foi um ano de recuperação econômica para o país, ou seja, um ano muito difícil para empresas no geral e portanto exige pés no chão para qualquer gestor.

Portanto uma prática muito recomendada para a lucratividade é analisar o que foi de positivo e negativo neste ano e estabelecer objetivos e metas para o ano que está por vir.

Analise os gastos e despesas da oficina

Um passo importante para ter sucesso é administrar os gastos e despesas com eficiência. A gestão empreendedora recomenda que você mantenha seus Custos Fixos o menor possível. O custo fixo é o gasto que você sempre vai ter, como pagamento de funcionários, compra de peças, aluguel do espaço, etc.

A compra de peças por exemplo você pode economizar utilizando a plataforma da Cotexo e sempre poderá escolher a melhor oferta para sua oficina, ajudando você a reduzir seus custos. Na Cotexo você solicita a peça, recebe o orçamentos das fornecedoras e faz a compra pela plataforma. Se você tem interesse em saber mais sobre este serviço importante para sua oficina, leia mais aqui.

Forças e Fraquezas

A análise SWOT é uma ferramenta de gestão e Marketing, para analisar forças, fraquezas, oportunidades e ameaças. Aqui focarei mais no olhar para dentro da empresa (ambiente interno) mas quanto mais completa essa análise, melhor será a visão do contexto geral da sua empresa.

Nas forças e fraquezas você deve pensar: se sua empresa ainda não possui um site, isto é uma fraqueza. Outro exemplo: O atendente na oficina não tem habilidade de relacionamento para lidar com seus clientes. Isto seria uma fraqueza também. Sua oficina é bem localizada: uma força. A lógica é essa, você precisa ter claro o cenário da sua empresa e isso irá lhe ajudar a tomar ação, como por exemplo estabelecer uma página para seu site, treinar seu funcionário, etc.

Estabeleça os objetivos

Para que você chegue em 2018 já sabendo o que quer, analise o contexto da sua oficina em 2017. O que foi negativo? O que foi positivo? Pense nisso. Por exemplo, se você não conseguiu ter o lucro desejado em 2017, provavelmente você deve pensar em aumentar suas vendas em 2018 e reavaliar seus gastos. Aqui no Blog também já falamos sobre algumas técnicas para atrair mais clientes para sua oficina.

Para boa parte dos objetivos que você estabelecer, compartilhe isto com os funcionários. Diga a todos, por exemplo, que você deseja melhorar o atendimento da oficina em 2018 e que gostaria que todos lhe ajudassem com isso. Estabeleça como você irá mensurar seu sucesso nesse objetivo. Tenha em mente como você vai avaliar. No caso do atendimento, você pode acompanhar pessoalmente ou pode enviar um email para seu cliente perguntando como foi. O importante é você avaliar da maneira mais efetiva e que faça mais sentido para o objetivo em mente.

Metas do planejamento da oficina

Para estabelecer as metas, você precisa verificar os dados do passado. Para estabelecer que você tem uma meta para aumentar 10% das suas vendas, você precisa ter base para isso.

Veja o quanto você aumentou/diminuiu nos últimos anos. Por exemplo: a média dos últimos 5 anos é 5% de crescimento nas vendas. Faria sentido  estabelecer uma meta para crescer em 10%. Se suas vendas diminuíram nos últimos anos, esta meta não faria sentido. Faria sentido uma meta como: “Aumentar o número de vendas” em relação a 2017. A meta poderia ser não diminuir seu número de vendas, pois é o desafio no momento da empresa no exemplo dado.

Este post foi para lhe ajudar a ter um planejamento claro e objetivo para a sua atividade em 2018. Comente o que foi bom ou ruim para sua oficina em 2017!

nov 23

Gestão de Oficinas e Relacionamento com Cliente Aumentam seu Lucro?

Por Marcelo Galli | Gestão de Oficinas , Outros , Reparadores de veículos , Setor de Compras

Neste Post falarei da importância da gestão de oficina e relacionamento com o cliente e você estará a bons passos para o Sucesso. Claro, levando em conta que os Serviços prestados estão satisfazendo seus clientes. Ter esses pilares te darão um desempenho sólido na questão de lucratividade, satisfação e na retenção de seus clientes.

A palavra CRM vem do inglês Customer Relationship Management que significa Gestão do Relacionamento com Clientes. Nos dias atuais, com a grande concorrência que existe em qualquer produto ou serviço, o atendimento tornou-se fundamental para o sucesso.

Aí na sua oficina você está utilizando boas práticas no relacionamento com seus clientes ? Você manda e-mails perguntando o que o cliente achou da reparação? Ou SMS para lembrar seu cliente que deve estar na hora de trocar o óleo ? Pelo menos mandou Feliz Aniversário por e-mail? Se você ainda não relaciona-se com seus clientes deve começar a mudar agora mesmo!

Existe uma diferença no perfil de clientes de oficinas de funilaria e oficinas mecânicas. Este perfil é importante pois conhendo-os bem conseguirá ter uma melhor estratégia de comunicação e gestão da oficina.

Gestão da Oficina de Funilaria e Relacionamento com o Cliente:

Imagine que seus clientes acabaram de descobrir que vão ter que gastar uma boa grana no carro (seja com franquia, seja com a reparação). Além da surpresa com o gasto extra inesperado o cliente pode ficar dias (até semanas) sem seu carro. Uma situação bem ruim de se passar, não é? Desta maneira, considerar o aspecto do relacionamento ajuda muito. Veja dois pontos importantes :

  • Gerencie muito bem a expectativa do seu cliente quanto ao prazo de reparação. Se a peça que deveria chegar não chegou avise seu cliente o quanto antes. O melhor mesmo seria antecipar o problema e falar com seu cliente que a peça não chegará no prazo. Quando antes avisar seu cliente que a reparação vai atrasar melhor.
  • As pessoas que lidam diretamente com este perfil de cliente devem ser serenas para passar confiança e lidar com a frustação alheia. Colocar um colaborador que não sabe comunicar-se pode ser o início do fim no relacionamento com o cliente..

Gestão da Oficina Mecânica e o Relacionamento com o Clientes:

O cliente normalmente já sabe que vai ter que gastar na manutenção do seu veículo. Apesar dos gastos serem esperados ainda existe o cenário da reparação (e não manutenção). Neste caso, o perfil do cliente de oficina mecânica pode se aproximar do perfil de clientes de funilarias, pois é quando o carro quebra de repente, um momento inesperado.

O mais importante deste perfil de clientes e oficinas mecânicas é manter o relacionamento de confiança pois este cliente vai precisar ir na oficina 3 à 4 vezes no ano somente para manutenção.

  • Crie pesquisas para enviar para seu cliente via e-mail ou SMS perguntando o que achou da reparação ou manutenção. Este feedback é muito importante pois a grande maioria das oficinas nunca mais liga para seu cliente.
  • Estime o quanto o cliente roda com o veículo para enviar um lembrete via e-mail ou SMS sobre a troca de óleos, freios, filtros. A maioria das pessoas não tem um controle apurado sobre a manutenção de seus veículos.

A grande dica no relacionamento com seus clientes é ter um processo de relacionamento definido.

Defina seu perfil de cliente, a régua de relacionamento (como, quando e sobre o que vai conversar com seu cliente ao longo do tempo) e sempre analise os resultados. Entenda em que parte da experiência do cliente com sua empresa que precisa ser melhorado.

A Gestão da Oficina é feita no dia-a-dia !

nov 01

Porque empresas que valorizam pessoas prosperam?

Por Marcelo Galli | Outros

É evidente que existe uma relação direta entre valorização de pessoas e prosperidade da empresa. Normalmente entende-se como valorizar as pessoas somente valorizando colaboradores, mas a verdade é que as pessoas estão dentro (funcionários/colaboradores) ou fora (clientes, parceiros, até concorrentes).

Recentemente tive uma imensa alegria nesta trilha de mais de 6 anos da Cotexo. A Cotexo saiu na revista Forbes. A Forbes é uma das revistas mais importantes dos mundo dos negócios. A Forbes ficou conhecida por manter uma lista das pessoas mais ricas do mundo e é uma referência mundial.

 

Infelizmente a entrevista somente saiu impressa fisicamente sem disponibilidade para ler online.

Sermos matéria de uma revista renomada internacionalmente, na edição de 100 anos da revista cuja capa é o maior investidor do mundo, Warren Buffet, me fez pensar em 1 coisa :

Sou Grato aos Colaboradores da Cotexo e Sou Grato a todos nossos Clientes e Parceiros !

PESSOAS movem o mundo. PESSOAS fazem negócios. PESSOAS, lembre-se disso !

Na sua oficina ou em sua concessionária/distribuidor são as pessoas que fazem as coisas acontecerem.

Se não fosse nossos primeiros clientes que acreditaram no projeto e todos os colaboradores da Cotexo não teríamos chegado até aqui.

Valorize seus clientes e colaboradores. Existem diversas formas de gerir uma empresa com pessoas como principal ativo, seja a pessoa interna (funcionário) ou externo (cliente). Ter um compromisso com o sucesso dos funcionários e clientes é o caminho mais próximo para a prosperidade.

Gestão de pessoas é um conceito empregado às estratégias que objetivam atrair, reter, potencializar e administrar o capital humano de uma empresa. As empresas que a possuem entre suas políticas internas são aquelas que formam profissionais mais bem qualificados e motivados para desempenhar as suas funções.

Compartilho com vocês um excelente profissional que fala sobre pessoas e gestão, o professor Marcelo Jabur.

Vejam Canal do Professor Marcelo Jabur no You Tube

O Marcelo tem uma forma muito simples de explicar como você pode potencializar seus relacionamento com clientes e parceiros, vale a pena dar uma conferida.

Melhoria Contínua, Visão Sistêmica, Modelo Mental, Domínio Pessoal e vários outros assuntos que mudam a forma como você vai lidar com pessoas, sou um fã do Marcelo Jabur.

Além de ler mais sobre o assunto é importânte o auto-conhecimento. Saber exatamente como você é vai ajudar a entender melhor as pessoas e relacionar-se melhor.

As pessoas tendem a acreditar que um bom relacionamento não tem atritos mas se não tiver atritos nenhum certamente o relacionamento não vai ajudá-lo a progredir. É importante colocar limite nas pessoas e mais ainda saber seus limites.

E você, tem investido o suficiente nas pessoas que sua empresa relaciona-se ?

 

peças online cotexo
ago 17

Peças Online ajudam nas compras da oficina?

Por Marcelo Galli | Gestão de Oficinas , Outros , Peças Online , Reparadores de veículos , Setor de Compras

Peças online e as compras online têm ganhado cada vez mais adeptos. Com apenas um clique você pode adquirir qualquer produto sem sair do conforto da sua funilaria ou oficina mecânica.

O Mercado Livre, por exemplo um site em que você encontra o que está procurando, desde livros até autopeças, como farol e parachoque para o Palio 2009 por exemplo.

É rápido, fácil e seguro. Basta o cliente fazer um cadastro no site, digitar o que procura no campo de busca e efetuar sua compra, num site com qualidade garantida.

A garantia de confiabilidade de compra do Mercado Livre é fácil: o comprador deve prestar atenção no termômetro que existe em cada página. Quanto mais verde, mais confiável é o vendedor.

Isso ajuda também a evitar atrasos na entrega. Entretanto, existe a possibilidade de entrega de peças erradas, por isso é sempre importante que o comprador saiba as especificidades do produto que deseja comprar para garantir seu direito de troca e evitar aborrecimentos futuros.

Uma recomendação é que, antes de efetuar a compra de peças online, como parachoques, retrovisor ou farol, o comprador da oficina deve procurar em lojas próximas a oficina, pois isso facilita a troca em caso de produto errado.

Vale a pena comprar autopeças pela internet?

Apesar de disponibilizar conforto ao cliente, as compras pela internet apresentam riscos, principalmente em caso de autopeças. São produtos específicos, parachoque com sensor de estacionamento, por exemplo, que possuem muitos detalhes, o que pode ser um problema.

O vendedor não entender de autopeças e enviar ao comprador uma autopeça errada, além do mais a troca é demorada.

A falta de vendedores para tirar dúvidas técnicas é outro agravante, um bom vendedor evita muitas dores de cabeças para sua empresa, seja oficina mecânica seja oficina de funilaria e pintura.

A solução é sempre comprar com vendedores que entendam de autopeças e que ofereçam um bom atendimento em relação a trocas, principalmente. São muitas marcas e veículos atualmente, ter um bom vendedor especializado em cada marca ajuda muito !

As compras de autopeças no Mercado Livre, por exemplo, é sempre uma boa opção para quando não se encontra o que procura em lojas próximas de sua oficina.

Comprei autopeça errada, e agora?

Uma busca sobre determinada peça no Google nos apresenta inúmeros resultados, como lojas de varejo que não possuem conhecimento técnico algum na venda de autopeças. Por isso é importante que o comprador tenha especificado o que precisa e procurar um vendedor de autopeças online que tem o conhecimento de encontrar a peça especificada.

É muito comum comprar autopeças erradas no dia a dia de uma oficina. Principalmente por causa das especificidades de cada modelo e acabamentos que cada carro apresenta, por exemplo, os farol com máscar negra ou detalhes de frisos, cada modelo/ano tem certas especificidades. A compra de peças erradas é um transtorno e, nesses casos, o cliente deve contatar o site e exigir a troca ou devolução do dinheiro. Mas a troca demora pois a logística tem grande esforço.

O Mercado Livre, por exemplo, garante a resolução do problema ou devolve o dinheiro pago. Caso não seja resolvido em tempo hábil, o comprador não deve hesitar em procurar seus direitos e cobrar sempre.

Sempre é importante lembrar que localizar um vendedor online da sua cidade ou até mesmo uma loja física, além de ter um nível melhor na prestação do serviço, evita muitos aborrecimentos e facilita trocas se necessário.

Como não errar na compra de peças online ?

Para evitar erros, é importante que o comprador procure um vendedor especializado e, de preferência, próximo, que saiba onde encontrar determinada peça. Sanar toda e qualquer dúvida antes de efetuar a compra é essencial para garantir satisfação quando a autopepeça chegar.

O cliente deve sempre comprar em sites aonde exista um canal de confiança com quem está disponibilizando o produto. Antes de tudo deve avaliar o conhecimento técnico de vendedor, isso evita a aquisição de peças erradas.

Comprar peças online economiza?

Geralmente, a compra pela internet é mais barata do que em lojas físicas. Isso se aplica, principalmente, as lojas de varejo. É importante que, antes de comprar peças online, fazer uma cotação de preço e de qualidade em revendedores próximos.

A internet oferece uma gama de produtos destinados a automóveis, desde originais até peças alternativas. No Mercado Livre, por exemplo, o cliente encontra ofertas a apenas um clique. Mas o conhecimento técnico é o que deve ser levado em conta. Sempre.

A compra de uma peça alternativa, por exemplo, pode acarretar em perda de dinheiro e de tempo. Por isso, antes de comprar qualquer peça online, desde farol, parachoque ou peças de motor, consulte um especialista técnico. É a melhor forma de economizar, tanto dinheiro quanto tempo, pois, no caso da compra de uma peça online errada, é necessário realizar a troca. Comprar errado pode trazer prejuízos, desde financeiros até na execução do serviço em questão cuja peça seria necessária.

Comprar peças online como parachoque vale a pena?

Comprar peças online vale a pena mas considere o que já abordamos aqui: confiança no site e no vendedor. Entretanto, há questões que sempre devem ser levadas em conta.

As peças pequenas, como farol, frisos, retrovisor por exemplo, são fáceis de serem entregues.

O transporte de peças grandes como parachoque, lateral , parabarro pode ocasionar danos e avarias no produto. Neste caso é melhor comprar estas peças com fornecedores perto se sua oficina.

Para evitar qualquer transtorno é importante que a logística seja realizada por uma empresa especializada, fique atento sempre na logística !

É muito importante ter uma visão integrada de sua oficina, compartilho abaixo alguns artigos importantes que podem te ajudar ter mais conhecimento :

mar 14

Como gerir melhor os funcionários de sua oficina ?

Por Marcelo Galli | Gestão de Oficinas , Mercado , Outros , Reparadores de veículos , Setor de Compras

Praticamente todos os donos e gerentes de oficinas, seja oficina mecânica ou oficina de funilaria e pintura, dizem que é difícil lidar com os funcionários. Em outros segmentos, em geral, existe a mesma “reclamação” sobre a qualidade da mão de obra. Além de você conseguir achar a pessoa que é qualificada tecnicamente para contratar precisa encontrar a pessoa que enquadre-se na cultura e valores de sua empresa. Depois de uma lida neste artigo que trato mais sobre cultura da empresa.

A dificuldade é tão grande que já ouvi que a honestidade é uma qualidade quando deveria ser uma obrigação. Ser Honesto é o mínimo. Colocar a honestidade como uma valor na sua empresa pode ter um custo muito alto, pois por conta da honestidade sua oficina pode ter um colaborador que não agrega para o time e somente “dá dor de cabeça”. Assim minha sugestão é criar uma lista com os comportamentos (ou valores) que você valoriza. Alguns exemplos de comportamentos que podem ser valorizados são : Pró-atividade, boa comunicação, responsabilidade, comprometimento, vontade de crescer, etc.

Com a lista dos comportamentos que sua empresa valoriza em mãos fica mais fácil de conseguir identificar quais funcionários que devem ser mantidos e quais devem ser demitidos.

O principal desafio para criar uma excelente equipe em sua oficina é VOCÊ, dono ou gerente da oficina. É impossível cobrar de um funcionário que ele tenha compromisso se você não tem. A melhor forma de liderança é pelo exemplo. Você tem que entender que o comportamento da sua equipe tem relação com seu comportamento. Quando você identifica em um funcionário que ele esta fazendo algo errado é sua responsabilidade tratar a questão. É necessário que o funcionário entenda o que esta fazendo errado e as consequências para a empresa em fazer certo. Imagine que um funcionário sempre que receber uma peça jogue a peça em qualquer lugar sem cuidado. Ao identificar esta situação deve-se mostrar ao funcionário como fazer o certo (colocar separado no estoque) e mostrar que quando é feito o certo a oficina torna-se mais eficiente. Também deve mostrar que ao jogar a peça em qualquer lugar, além da oficina perder tempo a peça pode quebrar e é um prejuízo para oficina.

Além de identificar os problemas e dar o modelo correto do comportamento é muito importante que acompanhe para ver se o que passou como correto esta sendo feito. Faça um combinado com seu funcionário : “A partir de agora toda vez que chegar uma peça a mesma deve ser colocada no estoque, posso contar com sua com sua ajudar ? Ficou alguma dúvida como deve ser o procedimento aqui na oficina ? “. A partir do momento que identificou o problema, mostrou consequências negativas de fazer errado e combinou qual deve ser o procedimento correto você tem que garantir que o correto esteja sendo feito. Se após 1 ou 2 tentativas o funcionário não quiser entender o procedimento é importante mostrar novamente a importância e já falar que se continuar aquele problema terá que demitir.

Quando digo que o principal desafio é o dono da oficina ou gestor da oficina mudar é porque com uma orientação correta aos funcionários e consequências a própria equipe entende como deve trabalhar e assim fica mais fácil ter um time organizado e que trabalhe bem.

 

fev 03

O que sua oficina deve saber sobre mindset lucrativo ?

Por Marcelo Galli | Gestão de Oficinas , Outros , Reparadores de veículos , Setor de Compras

Mindset é uma palavra inglesa muito utilizada na teoria das decisões que significa “Modelo Mental”. O Mindset é um conjunto de premissas, metodologias ou forma de pensar de uma pessoa, ou conjunto de pessoas, que está tão enraizado na empresa que incentiva a todos os colaboradores a continuar a adotar comportamentos similares e coerentes. Deixe-me explicar de uma forma mais simples de entender, o mindset é maneira de pensar de sua empresa. A maneira de pensar dos sócios da empresa normalmente refletem a maneira de pensar de todos os colaboradores, assim quando o dono é extremamente rígido com a qualidade dos serviços da oficina, seja oficina de funilaria ou oficina mecânica/centro automotivo, a tendência é que todos os colaboradores também tenham consciência e comportamentos com a questão da qualidade.

Existem modelos mentais para cada tipo de atividade. O mindset do responsável pela gestão operacional da oficina é diferente do mindset do responsável pela gestão financeira/negócios da empresa. Uma pessoa pode ter mais de 1 mindset (é muito comum reparadores que são únicos donos e são responsáveis por tudo) mas o ideal é sempre trabalhar com sócios com mindsets complementares.

Mindset Operacional

O modelo mental do responsável operacional deve considerar aspectos como :

O responsável pela operação da oficina deve ter como preocupação diária dois pontos fundamentais para oficina, o Orçamento (como entra dinheiro na sua oficina) e as Compras (como que sai dinheiro de sua oficina). Os custos fixos, como são previsíveis, são gastos que devem ser controlados com uma boa precificação da hora da mão de obra (veja este artigo sobre ticket-médio). Custos variáveis (como a compra de peças) são custos que se reduzidos influenciam diretamente a lucratividade da oficina. Se o operacional conseguir garantir que os custos-fixos sejam pagos com a mão de obra, as o setor de compras (quando bem administrado) vai fazer o dinheiro sobrar na mão do empresário do setor de reparação.

Mindset de Negócios

O mindset do responsável por negócios deve considerar aspectos como :

O modelo mental de quem cuida desta parte é bem exato e matemático, será o responsável por ver o números, fazer contas e entender se a sua oficina esta no caminho do sucesso ou do fundo do poço (vejo muitas oficinas com o pátio cheio, trabalhando muito e mesmo assim falindo, infelizmente).

A idéia destes dois perfis de modelos mentais é facilitar a divisão de papéis e responsabilidades e principalmente garantir que sua oficina esteja nos trilhos (tanto no operacional quando no estratégico).

Conversando com vários donos de oficina percebo que a grande maioria somente preocupa-se com a operação. Ficam “perdidos” entregando carros, fazendo orçamentos, comprando mal e acreditando que a oficina esta indo muito bem e somente tomam conhecimento dos problemas estratégicos/financeiro quando é tarde.

Unindo o Mindset Operacional com o Mindset de Negócios/Financeiro certamente a lucratividade de sua oficina vai aumentar consideravelmente !

É preciso parar e refletir, como posso ser mais lucrativo e rentável na minha oficina ? Esta reflexão pode ser boa (“estou no caminho correto”) ou melhor ainda (“preciso mudar logo para não perder mais meu tempo e dinheiro”).

 

 

jan 27

Peças Online ou Peças Offline : Como lucrar mais nas compras de sua oficina ?

Por Marcelo Galli | Gestão de Oficinas , Outros , Peças Online , Reparadores de veículos , Setor de Compras

Muita vezes já escrevi aqui no blog sobre a importância da oficina comprar bem. Veja este artigo que dou 1 Simples Dica para sua Oficina ser Mais Lucrativa. Apesar de ser claro para muitos empresários donos de oficina a importância de comprar bem, poucos cuidam do setor de compras da maneira que deveria.

O setor de compras da oficina ainda é tratado apenas com o aspecto operacional, responsável pelas peças que serão utilizadas na reparação. Muitas vezes o comprador está mais preocupado em fazer a compra rápido do que bem feita, e este comportamento pode afetar muito a lucratividade da sua oficina. É claro que as peças devem ser compradas com agilidade, mas usar o tempo a favor da oficina, cotando SEMPRE com bons fornecedores, vai fazer que sua oficina consiga aumentar o lucro no final do mês. Costumo dizer que ECONOMIA É LUCRO LIQUIDO, ou seja, é dinheiro no bolso do reparador. Quando você fatura mais, paga mais impostos, quando você economiza o dinheiro fica no caixa da sua empresa.

Peças Online – Devo ou não comprar ?

A internet trouxe muitas facilidades para as pessoas e para o reparador não é diferente. Hoje é possível procurar peças na internet e o reparador deve usar esta tecnologia a seu favor. O grande problema de comprar na internet é o baixo relacionamento com os fornecedores, pouco conhecimento de peças de quem esta vendendo e o frete. Quando juntar as 3 situações e você comprar com um vendedor que não conhece o mercado, que envia as peças erradas por falta de conhecimento e ainda tem um frete pois veio de longe você vai perceber que o “barato” pode as vezes sair caro. Digo “barato” pois muitas vezes o preço das peças na internet esta mais cara que comprar direto na loja com um bom relacionamento, inclusive poder faturar as peças no boleto.

Não quero dizer para não utilizar a internet nas compras de sua oficina, mas sim utilizar sabendo como que funciona. Comprar peças difíceis principalmente. O canal mais utilizado é o Mercado Livre, escrevi um pouco sobre isso no artigo : Comprar no Mercado Livre é seguro ?

Peças Offline – Qual o benefício ?

Sem dúvidas o principal benefício de comprar Offline, ou seja, diretamente na loja, interagindo com o fornecedor e vendedor que sua empresa tem confiança, é “ter alguém para ligar”. O vendedor que atende sua empresa vai te ajudar se eventualmente a peça não chegar, chegar com avaria, chegar errada mas principalmente pode te ajudar a deixar sua operação mais eficaz.

Carro parado na oficina em peças é prejuízo. Os fornecedores devem estar sempre alinhados com seu processo produtivo e principalmente disponíveis para ajudar no dia-a-dia do setor compras da oficina. Eventualmente vai chegar peça errada, com problema, terá problemas para abrir crédito e nestas horas seu vendedor pode te ajudar.

Comprar peças online é interessante para peças mais difíceis e específicas, para o dia-a-dia tenha uma boa rede de fornecedores que você pode confiar e compre Offline.