Monthly Archives: agosto 2016

ago 30

PDCA : Melhore a eficiência das compras de sua oficina

Por Marcelo Galli | Gestão de Oficinas , Peças Online , Reparadores de veículos , Setor de Compras

Como já vimos anteriormente, o sistema PCDA (Plan, Check, Do, Act), que na tradução literal significa planejar, executar, verificar a agir, tem grande eficácia na implantação em oficinas mecânicas, funilarias e aumenta a eficiência e gestão da sua empresa.

Você pode utilizar o PDCA na sua oficina / funilaria para melhorar a eficiência no recebimento de autopeças. É por meio deste simples processo que você pode evitar problemas posteriores na produção e evita ficar de cabelo em pé com a urgência.

Neste sentido, é importante primeiramente garantir que a peça entregue é igual à necessária, verificar se o parachoque tem farol de milha ou sensor de ré, verificar se o lado do farol e parabarros estão corretos, verificar se o farol tem máscara negra, se há avarias nas peças e assim por diante, esta checagem no recebimento já vai ajudar muito.

Além disso, com um sistema PCDA para oficinas ou PCDA para funilaria é possível verificar momentaneamente caso cheguem peças erradas – facilitando o procedimento de devolução, que já pode ser efetuado em seguida.

O processo de recebimento de peças também precisa contar com vendedores experientes e dedicados, uma vez que dessa forma, qualquer problema no pós-venda poderá ser solucionado com agilidade e garantia de resultados.

Ainda sobre o recebimento de peças, os donos de funilarias e oficinas mecânicas sabem que geralmente seus clientes finais optam por peças originais para a troca de parachoque, farol e outras peças externas. Porém, há a possibilidade de negociação de melhores preços de peças com pequenas avarias (ou seja, pequenos defeitos ou riscos) para que ela seja posteriormente arrumada e vendida como nova. Mais uma vez, ressaltamos a importância de um bom vendedor neste tipo de negociação.

É claro que o procedimento anterior só pode ser realizado após o consentimento do cliente da oficina, que também sairá financeiramente ganhando.

Após o recebimento de peças recomenda-se ainda que elas fiquem em locais específicos do estoque, e muitas vezes, até mesmo etiquetadas e organizadas – o que auxilia diretamente na produtividade da funilaria ou oficina mecânica.

O sistema PCDA também auxilia no sentido de manter o estoque sempre limpo, bem organizado e atualizado com o recebimento de autopeças. Outra dica na organização deste espaço diz respeito à divisão das peças por segmentos. É possível separar as peças por veículos e assim aumentar a eficiência operacional.

O PDCA funciona se utilizar todas as fases. Faça um planejamento do recebimento (P – Plan – Planejar), treine seu funcionário para receber corretamente as peças (D – D0 – Fazer), verifique se o funcionário este realizando o trabalho como esperado (C – Check – Checar), e atue para que o funcionário seja orientado com o procedimento correto (A – Act – Actuar). Faça isso com disciplina e seu dia-a-dia no recebimento de peças vai mudar, pode ter certeza !

No caso de compras de peças online cabe ressaltar a dificuldade dos donos de funilarias ou oficinas mecânicas na garantia de um pós-venda realmente eficiente. Isso porque esse procedimento demanda de especialistas em vendas que parecem estar em extinção, cada vendedor conhece bem sua marca de fornecimento e comprar com vendedor que não conhecem peças é dor-de-cabeça na certa (vai vir peças erradas)!

A compra de peças originais ou peças alternativas online muitas vezes dificulta não só a negociação – uma vez que você estará tentando negociar com alguém que, na maioria dos casos, não tem nem grandes conhecimentos sobre o assunto e mal te conheçe – mas especialmente, o pós-venda. No caso de precisar devolver peças que vieram erradas, por exemplo, esse procedimento pode ser mais lento do que no caso da contratação de vendedores especializados nas proximidades da sua oficina – que além de serem de confiança, não hesitarão em agilizar a troca.

ago 23

PDCA Oficinas e Funilarias : O pós vendas no setor de compras

Por Marcelo Galli | Gestão de Oficinas , Peças Online , Reparadores de veículos , Setor de Compras

Método utilizado por várias oficinas de funilaria e pintura e oficinas mecânicas, o PDCA (Plan, Do, Check, Act – Planejar, Executar, Checar, Agir) é um sistema que visa controlar todos os nichos da administração de uma oficina mecânica e/ou funilarias de maneira integrada (veja este artigo). Nesse post, vamos falar sobre a etapa do pós-compras. Depois de cotar, o comprador deve escolher a melhor compra (ver no outro post) e, no pós-compras, analisar diversos aspectos, como preço, prazo, condições de pagamento e se o vendedor é um bom vendedor.

Se você optou por um vendedor, você deve ter algum motivo para isso, não é mesmo? Entre esses motivos, pode estar à premissa de que o fornecedor realiza entregas rápidas ou oferece boas condições de pagamento etc. Portanto, o pós-compras funciona da seguinte forma: depois de realizar a sua compra, você precisa analisar se essa compra cumpriu com todas as suas expectativas; isto é, checar se o que assumiu-se como premissa de compra realmente ocorreu.

Dessa forma, é importante que, ao comprar peças, como parachoques, farol, radiador, peças originais, peças alternativas ou até mesmo peças online, você acompanhe gere um feedback interno com a sua opinião não apenas sobre os produtos, mas também em relação aos serviços do fornecedor/vendedor. Analise se as peças foram entregues dentro do prazo prometido, se a qualidade condiz com o anúncio, se são originais e, enfim, se atendem às premissas.

Além disso, é interessante verificar a proposta de outros fornecedores, pois a confiança que existe entre compradores e vendedores, muitas vezes, faz com que você perca boas oportunidades de comprar com fornecedores desconhecidos, que podem ser excelentes parceiros na cadeia de suprimentos da sua oficina. Portanto, quando a sua compra não cumpre com a expectativa, você deve, sim, procurar por fornecedores melhores e, também, dar o feedback com a sua opinião sobre o(s) produto(s) em questão.

Evite realizar novas compras com os vendedores que não cumprem com o que prometem. Outra dica importante deste PDCA para oficinas / PDCA para funilaria é acerca dos pedidos de fábrica. Nesse caso, você deve fazer um “follow-up”(acompanhamento) a fim de saber quando o pedido será entregue, pois muitos pedidos costumam ultrapassar os 30 a 60 dias. Para fazer isso, você pode utilizar uma agenda para lembrar ou um software/sistema que auxilie na gestão e no controle de peças que devem ser fornecidas. Muitos utilizam o Excel ou mesmo um papel que ajude a acompanhar estes pedidos.

  • Plan (Planejar) : Anotar e saber quais dias as peças devem ser entregues com as condições combinadas
  • Do (Fazer) : Nos dias das entregas deve-se analisar se as condições combinadas foram cumpridas (preços, prazos e condições de pagamentos)
  • Check (Checar) : Verificar se o que você tinha no planejamento foi cumprido por fornecedores
  • Act (Agir) : Verificar fornecedores que não são bons e avisar o vendedor afim do vendedor melhorar e saber que em caso de novos problemas não deverá mais confiar no fornecedor.

Este PDCA para oficina / PDCA para funilaria não recomenda que você compre peças online para a sua oficina. Pois, com esse processo à distância, perde-se a confiança e a parceria entre fornecedor e comprador. Assim sendo, o ideal é que você compre pela internet apenas quando você não encontra os produtos e peças (parachoque, farol, peças originais, peças alternativas, peças online etc.) que precisa para a oficina com os fornecedores que são de confiança e estão por perto.

Com as dicas desse post, você fica preparado para a etapa do pós-compras, que é fundamental para que a sua oficina / funilaria não saia perdendo e conte sempre com os melhores fornecedores do mercado!